Obrigado pelo elo.

E obrigado pelo "moço"!

De facto, com 47 anos de idade já muito poucos me tratam assim!
Alfredo Caiano Silvestre a 25 de Julho de 2005 às 16:09