Vila de Cano
Diário de Uma Seca de Terra
30 de Outubro de 2008

publicado por M!ro às 01:49 link do post
26 de Outubro de 2008

Jesualdo Ferreira: "É sempre uma vantagem jogar em casa. Os assobios fazem parte do jogo, aqui como em qualquer outro lado, e vão continuar mesmo depois de eu não estar aqui. Entendemo-los como uma situação normal, já que a massa adepta do F.C. Porto está habituada a ganhar. Sublinho que somos neste momento a melhor equipa do campeonato, temos mais pontos do que os adversários e temos sempre que ganhar, fossem quais fossem os resultados anteriores. O F.C. Porto é líder e é nessa posição que queremos continuar".
Bruno Alves: "Estamos mais do que preparados para vencer".

Resultado Finaj : Porto 2 - 3 Leixões
publicado por M!ro às 09:01 link do post
25 de Outubro de 2008

É já nos dias 8 a 16 de Novembro que regressa o mais antigo e internacional evento de balonismo do nosso país.



Nesta 12ª Edição pretende-se atingir a maior projecção de sempre desde a sua criação, garantindo 50 tripulações de balonistas de dez países, numa edição de oito dias.

Ao atingir as 50 tripulações de balonistas, este passa a ser o maior evento anual de balões que se realiza actualmente na Europa. No último ano já estiveram presentes 45 Balonistas da Austrália, África do Sul, Escócia, Inglaterra, Holanda, Bélgica, França, Espanha e Portugal.

De 8 a 16 de Novembro, irão realizar-se mais de 800 voos livres, mobilizando as populações dos concelhos envolvidos, promovendo igualmente junto dos mais novos a iniciação ao balonismo.

Desde 1997 e ao longo das suas várias edições Concelhos como Avis, Alter do Chão, Castelo de Vide, Crato, Fronteira, Monforte, Ponte de Sor, Nisa e Sousel têm vindo a participar neste evento, criando assim , de uma forma lúdica, uma descentralização de actividades desportivas e culturais.

Um clássico, não perca o 12º Festival Internacional de Balões de Ar Quente de Portugal !!!
publicado por M!ro às 13:33 link do post
04 de Outubro de 2008





















publicado por M!ro às 21:58 link do post
04 de Outubro de 2008

No último domingo de Setembro, dia 29, João Pamplona, o Benjamim dos cavaleiros açorianos, cumpriu a Prova de Praticante.


Cumpriu e passou com distinção.
Em Sousel, durante a Feira de S. Miguel, João Pamplona integrou cartel de luxo: Joaquim Bastinhas, Francisco Cortes, Marcos Tenório, Tiago Carreiras e os grupos de forcados de Alter-do Chão e Académicos de Elvas.
Foi,então, perante tantos e tão bons “doutores” que o examinando mostrou o que sabe e o que é capaz de fazer na caminhada de toureiro, como cavaleiro tauromáquico.
Francisco Cortes, um cavaleiro bem conhecido dos açorianos, saiu triunfador do Festival.
As condições atmosféricas eram desagradáveis mas a praça, uma desmontável, registou forte adesão de público.
Quanto à Prova, João Pamplona passou com distinção. Segundo rezam as crónicas, poderá vir a dar que falar num futuro não muito distante.
João Pamplona regressou logo depois a casa. Os estudos na Jerónimo Emiliano de Andrade exigem-lhe dedicação e entrega.
Na hora de almoço, antes dos deveres da parte da tarde, João Pamplona agradeceu os parabéns de “a União” e, gentilmente, contou como fora possível a integração na Feira de S. Miguel, Alentejo, e consequente Prova de Praticante:

“ O Joaquim Manuel Bastinhas deu-me a honra e a possibilidade de tirar a Prova de Praticante em Sousel. Foi assim que as coisas se passaram nesse Festival no Alentejo.”
Parece que o novilho da Prova não era pera doce ?

“Era mais ou menos. Até nem foi muito mau. Já apanhei bem pior. Era um novilho da ganadaria de Branco Núncio.”
Como decorreu a lide ?

“ Durante a lide meti dois ferros compridos, bem lá no sítio. Depois cravei quatro curtos...bons. E foi assim.”
Que montadas utilizaste em Sousel ?

“Utilizei cavalos do Joaquim Bastinhas: o “Flecha”, um bom cavalo que até veio à Graciosa, e o “Flash”, a montada de confiança do Bastinhas para os pares de bandarilhas.”
Quando vais vestir a Casaca e o Tricórnio pela primeira vez ?

“Agora ainda não sei. A gente não sabe que corridas vai fazer. Ainda não se sabe. No próximo ano, o Joaquim Manuel disse que me queria levar a Espanha para algumas corridas. Não sei se será no princípio ou no fim da temporada.”
Qual vai ser a cor da tua primeira Casaca ?

“A minha primeira Casaca vai ser azul, a mesma cor da Casaca da Alternativa do meu pai.”
João, a partir de agora, as coisas fiam mais fino. Como encaras o futuro ?

“Agora já é mais a sério. Já não é tanto a brincar. Já tenho mais responsabilidade. Já não me olham como amador. Vão passar a pedir mais de mim.”
Em hora de grande alegria e felicidade ali para os lados da Quinta do Malhinha, era obrigatório ouvir Raul Pamplona, naturalmente um avô orgulhoso.
Depois do João (filho) e do neto Tiago, outro (neto) cavaleiro na família. Uma dinastia de sucesso ?

“Um filho e dois netos a tourear. Sinto-me muito feliz. Nunca julguei que ia ver dois netos meus a tourear.

É uma honra que o João tenha feito a Prova de Praticante lá fora, no Alentejo.

Temos que agradecer ao Bastinhas pois foi ele que meteu o João no Festival de Sousel.”
Como foi passado o domingo, antes, durante e depois do Festival de Sousel ?

“Estivemos praticamente sempre em comunicação com ele.Eu estava um bocado aflito. Tenho estado doente, não estava muito bem mas, quando ele acabou e soubemos que tinha estado bem, foi uma alegria. Nunca imaginei vir a ter dois netos a tourear!”
Estava um dia pouco agradável para uma tarde de toiros mas o Joaquim Bastinhas resolveu a questão e o Festival foi para a frente. Conte-me lá como foi ?
“Como estava mau tempo, o Joaquim Bastinhas assumiu a responsabilidade do Festival. Se desse prejuizo, ele é que pagava à sua custa. Este facto mostra o interesse dele em que o João fizesse a Prova de Praticante.”
Mas houve outro pormenor interessante à volta do Festival de Sousel por causa do João Pamplona, não foi ?
“Se me dá licença, gostaria de dizer isto. O Presidente da Câmara de Sousel convidou uma pessoa do Governo Regional para assistir ao Festival e à Prova de Praticante do João. Pois, mesmo com algum sacríficio, Joaquim Pires, Director Regional do Desenvolvimento Agrícola, embarcou no domingo de manhã para estar presente.”


-º-º-º-º


Com a passagem de João Pamplona à categoria de Praticante, os Açores passam a ter agora, em actividade constante, um cavaleiro de Alternativa, Tiago Pamplona, e dois Praticantes, Rui Lopes e João Pamplona.

Para já, para já, o futuro do toureio a cavalo na Região está assegurado...em quantidade e em qualidade!

» Mário Aguiar Rodrigues
publicado por M!ro às 21:07 link do post
Outubro 2008
Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
14
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
27
28
29
31
subscrever feeds
Posts mais comentados
9 comentários
6 comentários
6 comentários
5 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
4 comentários
3 comentários
Twitter
mais sobre mim
pesquisar neste blog
 
Fotos
fotos Miro
últ. comentários
Caro amigo Miro,como é que se chama este novo desp...
Este bebê fantástico! e também o desenho é maravil...
PARABENS AOS MOTARDS POR ESTE EVENTO,QUE TENHAM O ...
mt boa fonixxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxxx
huhu
www.jogosdemalha.com.br
Oh pá o q eu me ri a rever esta publicidade. Esta...
então qundo respondemos a carta do tribunal de co...
GANHE DINHEIRO FÁCIL, NA MAIOR MOLEZA, HONESTAMEN...
Boas noites,agradecemos o destaque dado ao Jornal...
blogs SAPO